Nosso Projeto Pedagógico tem como eixos de trabalho o que denominamos de 3 C’s (Conhecimento, Cultura e Cidadania), eixos introduzidos na Educação Infantil e que adquirem novas dimensões no Ensino Fundamental I, sendo gradativamente intensificados no Fundamental II até a sua conclusão.

Por compreendermos que a faixa etária do Ensino Fundamental II é uma fase de grandes transformações físicas, emocionais e cognitivas – a adolescência, os alunos contam com acompanhamento individualizado da equipe pedagógica e educacional, para seu pleno desenvolvimento e para que possam se autoconhecer e lidar positivamente com suas emoções.

A partir do 6o ano, há um aprofundamento gradativo de conteúdos das diversas disciplinas. Assim, a disciplina de Ciências, por exemplo, se desdobra em Física, Química e Biologia, numa perspectiva de tratar de forma mais específica os saberes dessas áreas. Os professores especialistas em todas as áreas formam a equipe pedagógica do Fundamental II até o Ensino Médio.

A Matemática, trabalhada inicialmente de forma mais concreta, vai ganhando níveis mais complexos de abstração no decorrer dos anos até a conclusão do 9o ano, desafiando os alunos a desenvolver e aprimorar o raciocínio lógico-matemático, a visão espacial e, principalmente, levando-os a uma compreensão real da Matemática, identificando sua aplicabilidade em muitos momentos no nosso cotidiano.

Nas Humanidades, História e Geografia aprofundam os estudos sobre a vida do homem através do tempo e sua relação com os espaços, bem como a influência sobre eles. Ao mesmo tempo, a disciplina de Língua Portuguesa vai delineando novos desafios:  o domínio gradativo da norma culta e o trabalho com habilidades mais complexas de leitura para formar um aluno crítico e reflexivo. A produção escrita vai ganhando novas dimensões com o desdobramento das aulas de Redação, assim como o desenvolvimento da oralidade, permitindo que o aluno seja capaz, ao longo do tempo, de se expressar de forma cada vez mais precisa, ampla e adequada às suas necessidades e objetivos.

A linguagem artística, representada por diversas formas de expressão da arte e manifestação da cultura, assim como a língua estrangeira (Inglês) e a língua espanhola (esta última a partir do 6o ano) ficam contempladas tanto no eixo de conhecimento quanto de cultura e, por esta razão, assumem papel bastante importante no projeto. São formas de ampliar a visão de mundo do aluno, torná-lo produtor e consumidor de arte, aguçar sua criatividade e prepará-lo para as demandas da globalização com toda a diversidade cultural e linguística que ela impõe. Neste segmento, o teatro como atividade extracurricular também possibilita uma ampliação do trabalho com arte. Numa perspectiva dos jogos teatrais, trabalha-se a sensibilização do aluno para esta linguagem, que muito contribui para que ele se torne mais empático e confiante.

A Educação Física e as atividades esportivas perpassam todo o ciclo da educação básica, assim como as atividades extracurriculares culturais, ampliando as possibilidades de participação social dos alunos. Por meio delas, é possível desenvolver e aprimorar habilidades físicas específicas, assim como se configuram em um importante recurso para a construção gradativa das competências socioemocionais, como o trabalho cooperativo, a tomada de decisão e a capacidade de lidar com pressão. Valores como respeito e ética são o fio condutor de todas as ações educativas no ATENEU, mas nestas áreas ficam ainda mais evidenciadas, já que estão relacionadas ao ganhar e perder.

Projetos interdisciplinares, sequências didáticas e aulas dialogadas estão entre as principais estratégias utilizadas pela equipe de professores. Eles promovem uma participação mais ativa do aluno, em que assume atitude protagonista, o que promove mais motivação e resulta em uma aprendizagem mais ampla e aprofundada. Assim, grandes projetos organizados anualmente, além de outros de menor porte ou sequências didáticas, são pensados para enriquecer e complementar o trabalho, por exemplo, com leitura e escrita (Semana Literária), com línguas estrangeiras (Semana de Línguas Estrangeiras – Inglês e Espanhol), Mostra Cultural, que abarca diversos projetos interdisciplinares de diferentes áreas, dentre outros. E como ampliação de repertório cultural, contamos com saídas pedagógicas a museus, teatro, exposições, além de um evento interno de valorização da expressão artística, o FICCA – Festival Interno Cultural do Colégio ATENEU.

Em relação à cidadania, trata-se de um eixo interligado aos demais, à medida em que dele emergem as situações cotidianas que são regidas pelo limite da regra. Dele também partem ações como as assembleias de sala – discussões sistemáticas e organizadas acerca das questões do dia a dia, focando no respeito como elemento primordial da convivência e da prevenção ao bullying. As assembleias podem ser consideradas como um modelo estruturado de exercício da democracia, quando o aluno tem voz e voto, pode sugerir e propor soluções, da mesma forma que deve saber ouvir e aceitar a opinião alheia. É também neste eixo de trabalho que estão organizadas as ações de orientação de estudos, como forma de atingir metas e objetivos acadêmicos. Trata-se de mais uma frente de trabalho contínuo e gradativo de desenvolvimento das competências socioemocionais, tais como resiliência e determinação. Perpassando o eixo da cidadania também está a prática solidária, sempre presente a partir de problematizações colocadas aos alunos de diferentes formas, em diferentes contextos, momentos e situações ao longo de sua vida escolar.

A tecnologia está sempre presente no cotidiano do Colégio, quer seja por meio de projetos específicos ou de forma sistemática nas aulas de LCP – Laboratório de Criação e Projetos. Ressaltamos aqui que o aluno é colocado não só como consumidor, mas especialmente como produtor de tecnologia. Inserido na cultura Maker, ele projeta, pesquisa e aplica recursos tecnológicos e conceitos para criar objetos que guardam relação com conteúdos acadêmicos estudados em sala e/ou com os projetos interdisciplinares dos quais está participando.

E para que nosso projeto pedagógico seja colocado em prática, os espaços são estruturados para acomodar as diversas estratégias didáticas e formas de organização de alunos, individualmente ou em grupo, em situação de aula ou convivência. Assim, nossas amplas e arejadas salas de aula, o laboratório de ciências, espaço Maker, a quadra e o ginásio poliesportivo, as salas de dança, ginástica, judô e música, a sala de leitura, o auditório e o pátio, assim como a piscina são alguns dos principais espaços colocados à disposição dos nossos alunos.