Alunos produzem versão própria de “A raposa e as uvas”

O ato de pegar o lápis ou a caneta e sair escrevendo ativa áreas do cérebro relacionadas à linguagem e à memória.

O Colégio Ateneu valoriza essa atividade e cada vez mais busca formas de incentivo a essa prática. Um dos meios utilizados é o trabalho de contação de histórias como recursos de estímulo à leitura, à escrita e à ludicidade.

A exemplo disso, alunos do segundo ano foram convidados a conhecer a fábula “A Raposa e as Uvas” de forma diferente: só pelas imagens. A partir daí, eles produziram a sua própria versão da história depois de terem compartilhado a leitura de distintas versões com a professora.

Cada história apresentada mostrou uma maneira de despertar encantamento, magia e a imaginação das crianças. O resultado não podia ser outro. Foi mágico!

Além da participação dos pais na apresentação das crianças, a autora Elisabete Ribeiro esteve presente para autografar os livros dos alunos. Foi enriquecedor!

Deixe uma resposta